COMO LIDAR COM AS MUDANÇAS

COMO LIDAR COM AS MUDANÇAS

Uma mudança nem sempre é fácil, seja de trabalho, de cidade, um divórcio. Não é fácil especialmente quando a julgamos como algo ruim. Nós já temos como instinto resistir a mudança, ao que é novo, ao que não é conhecido porque nos tira da zona do que já nos é familiar.

As vezes a notícia vem como um furacão que devasta nossas bases e valores e então não temos a calma e a serenidade suficientes para aguardar as consequências dela. Queremos entender o porquê naquele momento, mas nem sempre a vida está pronta para nos responder quando queremos, na maior parte das vezes ela responde um bom tempo depois.

O mais importante em um processo de mudança é estar presente e viver cada uma das fases. Chorar e sofrer ou vibrar e pular de alegria, porque toda mudança é um processo muito rico para o nosso autoconhecimento.

Porém esse processo natural de chorar e sofrer deve durar não mais do que o tempo necessário para que ele não gere estagnação e vitimização. Parar a vida por não aceitar a mudança não tornará o processo mais fácil. Lutar contra a adaptação adiará mais os resultados positivos que ela está destinada a te trazer. Chore, sofra e desabafe e quando passar esse período, será o momento de planejar, melhorar o que não está bom e se adaptar a mudança da melhor forma que você puder.

Um processo de mudança pode nos trazer ensinamentos incríveis para a nossa vida, olha só:

Nada é permanente

Nada nesse mundo é permanente, a vida é feita de ciclos que se iniciam e se findam. Nesses ciclos, somos expostos a diversas situações e pessoas diferentes que nos trazem ensinamentos. Então chega o momento em que essa vivência já não é mais necessária nem para você, nem para as pessoas envolvidas. Muitas vezes não queremos que se findem, mas é a lei da vida, ciclos se iniciam e ciclos se acabam. A cada novo ciclo que se iniciar em sua vida, abra o coração para todas as possibilidades que podem acontecer.

 

 

Precisamos ser flexíveis

Precisamos saber como nos adaptar as diversas situações que somos expostos. Precisamos ser flexíveis com as pessoas, as situações e conosco para crescer, desenvolver e aprender com as mudanças. Analise o que você precisa fazer para se adaptar à nova situação e vencer finalmente essa barreira.

Precisamos ser serenos e termos fé

No caso de mudanças que, ao primeiro momento, nos parecem ruins, devemos ter fé. Precisamos confiar na vida e acreditar que tudo está exatamente como deve estar, que você está no momento, no lugar e com as pessoas que deve estar. Está tudo certo, nada está fora do lugar. Serene o seu coração e tenha fé de que tudo tem uma razão muito maior do que nós. Quando sentir aquela insegurança ou tristeza frente a uma situação adversa ou inesperada, respire fundo e repita quantas vezes achar necessário: entrego, confio, aceito e agradeço.

Autoconhecimento

As mudanças nos trazem um dos maiores ensinamentos que podemos ter, o autoconhecimento. É possível descobrir novas habilidades e aptidões que não sabíamos que tínhamos. Podemos desenvolver sentimentos incríveis e novas formas de lidar com as situações. Podemos descobrir fragilidades que não conhecíamos e não gostaríamos de ter e definir que então é o momento de trabalhá-las.

Toda mudança é um presente para o nosso desenvolvimento pessoal porque, o que nos tira da zona de conforto, nos desafia e o que nos desafia nos fortalece e nos faz crescer.

Beijos e muita luz!

 

Roberta =)’

 

 

 

 

Author Info

Roberta Zanatta

Comentários

Postar um comentário