NO QUE VOCÊ TEM FOCADO?

NO QUE VOCÊ TEM FOCADO?

Você já percebeu que quando aprende algo novo, começa a ver ou ouvir frequentemente sobre aquilo? Ou quando compra algo e percebe que existem várias daquela mesma coisa ao seu redor? É coincidência? Talvez não. Talvez tenha condicionado sua atenção ou seu olhar.

É assim também para questões emocionais. Se você foca no problema, começa a valorizar as dificuldades, então vive, convive e respira cada uma delas gerando um grau de importância que talvez não havia a necessidade de existir. E o que acontece então? Aquele problema pequeno se transforma em algo maior.

O mesmo vale para as pessoas. Se você valoriza apenas o que o outro tem de negativo, te impossibilita de perceber tudo de bom que ele tem. Cabe a você escolher no que focar e o que valorizar.

Quando você se autodeprecia, quando foca apenas nos pontos que tem a melhorar, ou sente culpa por decisões aparentemente equivocadas aos seus olhos, ou mesmo foca apenas nos bens materiais e condição financeira que ainda não alcançou, está valorizando o negativo. E enquanto isso acontece, enquanto o foco está no negativo, no que você não tem, no que não está bom, na reclamação, na vitimização, no drama, está ocupado para perceber as coisas boas ao seu redor e tudo aquilo que pode ser grato.

Se focar no negativo, estará pensando, sentindo e vibrando baixo e automaticamente atrairá coisas nesse padrão para a sua vida. Enxergará somente o ruim e o que não tem dado certo e então começará a se auto boicotar se comparando ao sucesso dos outros.

Para sintonizar a partir de hoje o positivo, pare de julgar e criticar, se liberte da necessidade de controle sobre o futuro, deixe que a vida te traga o que tiver de trazer. Acredite que o bom pode acontecer, espere sempre pelo melhor, foque na solução dos seus problemas e não mais no drama e nas lamentações. E acima de tudo, pratique a gratidão. Seja grato a cada mínima coisa que acontecer. Sua vida se tornará mais leves e você terá menos vontade e motivos de reclamar.

Beijos, beijos e muita luz!

Author Info

Roberta Zanatta

Comentários

Postar um comentário