VOCÊ NÃO “TEM QUE” NADA

VOCÊ NÃO “TEM QUE” NADA

Crescemos com diversas crenças que foram inseridas na nossa programação mental pela sociedade em que vivemos. Temos que estudar muito para ter um bom emprego, temos que trabalhar duro para ter um bom salário, temos que comprar a casa própria, temos que ter poupança, temos que viajar nas férias, temos que usar as roupas e o cabelo conforme a tendência do momento, temos que ser cidadãos exemplares, temos que nos manter magros, temos que ter uma religião, temos que frequentar uma igreja, temos que nos casar, temos que gerar filhos. E entre essas tantas obrigações que a sociedade impõe sobre nós, alguém já nos perguntou o que nós realmente queremos? Você alguma vez já se fez essa pergunta?

Se ter que seguir o mesmo padrão e ter que pensar e agir de forma limitada e simplesmente como mais um ser humano no mundo tem te torturado, saiba que você não TEM que seguir, você não TEM que estar de acordo, você não TEM que nada. Porém, não é fácil quebrar padrões, não é fácil expor a sua essência porque isso gera conflito e desconforto para quem está te limitando a rótulos e estigmas. Quando você escolhe por viver conforme a sua verdade e sem a necessidade de aprovação, isso soa estranho para quem não vive assim e pode gerar conflito e mal-entendidos.

Toda mudança requer coragem, por isso a palavra aqui é AMOR. Conecte-se com o amor para descobrir qual é a sua verdadeira essência, o que está gritando dentro de você para ser liberto. E sinta amor pelo outro também porque ele é só mais uma pessoa, dentre tantas, que aprendeu a seguir os padrões e ainda vive dentro da sua própria caixinha e a única diferença entre vocês é que você já despertou, ele não.

Quando agir genuinamente, alinhado à sua verdade e a sua essência, o que vier de fora será cada dia mais um simples barulho. Escute o seu eu interior, o que ele está te dizendo? O que ele está gritando? O que você vem reprimindo? O que você tem de bom guardado aí dentro que precisa jogar para o mundo?

Beijos e muita luz!

Author Info

Roberta Zanatta

Comentários

Postar um comentário